CURSOS PROFISSIONALIZANTES
Menu

Arduino, suas vantagens, como programar nele e seu uso em robótica.

O que é Arduino e para que é utilizado?

O avanço da computação quântica e a criação de componentes eletrônicos cada vez menores estão levando a uma era onde pequenos chips podem carregar ferramentas poderosas. Isso está levando a uma ascensão de projetos de robótica e automação que usam pequenos dispositivos chamados Arduíno.

Para se inteirar melhor desse mundo de possibilidades é preciso aprender mais sobre o que é Arduino e o que ele é capaz de fazer. Pensando nisso esse post falará mais sobre essa plataforma que é muito popular entre profissionais e amadores do ramo de robótica e automação que desejam construir dispositivos próprios para realizar múltiplas tarefas.

O que é Arduíno?

O Arduino é um dispositivo criado em 2005 com a ideia de trazer popularidade no desenvolvimento de soluções de hardware. Para isso, o dispositivo precisava ser barato, funcional e fácil de ser programado. Dessa forma o Arduino se transformou na opção para estudantes, profissionais e amantes que querem implantar uma solução prática para pequenos problemas do dia a dia.

O Arduino se baseia no conceito de hardware livre ou open source. Isso quer dizer que seu projeto é disponibilizado publicamente e de forma gratuita. Os resultados práticos dessa medida se traduz em várias empresas produzindo dispositivos Arduino em massa. Isso ajuda a popularizar a plataforma e a fomentar a comunidade que produz conteúdo para esses hardwares.Os hardwares livres podem ser projetos de diferentes aparelhos eletrônicos.

O Arduino é uma controladora multiuso em uma placa única. Ela possui controlador, algumas linhas de entrada e saída, uma interface serial e outra USB. A placa pode ser conectada a outros dispositivos. O mais comum é uma extensão de rede para fazer aplicações inteligentes que se conectem a outros dispositivos comumente usado na internet das coisas.

 Vantagens do uso de Arduino

O Arduino não é uma plataforma popular à toa. Ele é amplamente usado por várias pessoas já que possui vantagens em relação aos hardwares proprietários. A seguir listamos as principais vantagens dessa plataforma.

Alta customização

O Arduíno pode ser acoplado com diferentes tipos de placas e hardwares, incluindo outros Arduíno. Ele suporta a instalação de sensores de diferentes tipos e a integração com processos mecânicos muito usados na robótica. O resultado é uma infinidade de sistemas que são criados para os mais diferentes usos como videogames, automação residencial, relógios etc.

Custos reduzidos de produção do hardware

O grande objetivo dessas plataformas é a popularização e adoção em massa por parte dos usuários. Para isso, os projetos precisam ser montados levando em consideração o baixo custo de componentes e a facilidade de construção.O Arduino consegue entregar um bom desempenho para uma série de tarefas a um preço acessível para a maioria das pessoas. O fato de ser um projeto livre, faz com que várias fabricantes produzam Arduino em massa aumentando a competição e, consequentemente, abaixando ainda mais os preços.

Documentação ampla e gratuita

A documentação oficial do projeto não é restrita para as empresas que fabricam os componentes. Os usuários que quiserem saber cada detalhe do Arduino podem consultar toda a documentação disponível.Além disso, várias documentações extras são criadas por outros usuários do Arduino. Tutoriais, manuais, exemplos de uso, páginas web entre outras formas de conhecimento são disponibilizadas para o público geral.

Baixo custo de desenvolvimento

O custo de desenvolvimento pode ser bastante reduzido por causa de vários projetos prontos que são encontrados na internet. O usuário economiza tempo projetando e foca somente na implementação de fato do sistema e dos componentes que ele requer.

Grande suporte da comunidade

Por ser um sistema baseado em liberdade, há o sentimento de colaboração entre os usuários e não de competição estratégica. Por esse motivo a comunidade está empenhada em oferecer suporte e ajuda para usuários que estão desenvolvendo seus projetos usando Arduino. A ajuda é posteriormente transformada em documentação que será consultada por outros usuários do futuro.

Ideias que você pode construir com Arduíno

Para construir projetos em Arduino é necessário conhecimento em Linguagem C, afinal, é preciso lidar com um pouco de programação e hardware, mas absolutamente qualquer pessoa é capaz de fazê-los se obteve o suporte inicial necessário para isso. E claro usar muita criatividade!

O curso de Programação em Arduíno da CIATEC traz todo o conhecimento para você começar a criar seus próprios projetos e a partir deles aprender praticamente qualquer coisa. Cadastre-se e ganhe um desconto especial!

Projetos que você pode construir com Arduíno 

ideias que você pode construir com Arduíno, basta saber programa-lo

Sistema de alarme Arduíno personalizado

Construa um sistema de alarme ultrassônico usando uma placa Arduino. Este é um excelente ponto de partida para todos os entusiastas da segurança. O sistema de alarme será ativado sempre que uma pessoa ou objeto aparecer na frente do sensor. Você pode desativar o alarme digitando uma senha predefinida de sua escolha.

Fonte:  Projeto Arduino 3 – Desenvolva um sistema de alarme Arduino personalizado

Fonte: Horta inteligente usando Arduíno – Laboratório da Julia

Sistema de Irrigação para Agricultura

Jardinagem é uma coisa que exige bastante cuidado e, dependendo do caso, um pequeno erro nos cuidados pode acabar prejudicando o crescimento de todas as plantas. Portanto, que tal construir um sistema para ler a umidade no solo e te avisar quando ela atingir níveis baixos ou altos demais?

Com uma placa Arduino e alguns outros acessórios, é possível criar um sistema para verificar isso constantemente. E por que não expandir o projeto juntando coisas como o recebimento de notificações no seu celular quando os níveis ficarem baixos demais, alarmes sonoros ou até um sistema de irrigação automático? Como quase todo projeto que utiliza Arduino, o único limitante existente está na sua imaginação!

Leitor de temperatura e umidade

Sabe quando vemos a temperatura e a umidade do dia na internet e achamos valores bem diferentes do que esperamos? Acabe com essa imprecisão construindo seu próprio medidor de temperatura e umidade!

Com uma placa Arduino, um módulo com sensores de umidade e temperatura e algumas linhas de código, você pode criar sua própria estação de meteorologia e ter os resultados mostrados em um LCD ou até mesmo recebê-los no seu smartphone! E por que não criar também um histórico de temperaturas medidas? Com o Arduino, você pode!

Fonte: DIYhacking.com

E nessa lista ainda faltam projetos possíveis de serem construidos com arduíno como: sistema de controle de pressão e temperatura, para industria, sistema de controle de descarga eletrostática, construção de robôs/drones/bicicleta elétrica, automação residencial para casas inteligentes, sistemas inteligentes para hospitais como análise de sinais vitais do paciente (pressão, temperatura, oxigenação) e muito mais!

 

Como o Arduino é usado para programação de robôs

O Arduino é uma porta de entrada para aqueles que desejam aprender robótica. Seu uso está sendo difundido no Brasil e no mundo por meio das salas de aula. Os alunos estão aprendendo programação, eletrônica, mecânica e outras áreas afins construindo na prática projetos que usam o Arduino como dispositivo principal.Isso por que o Arduino pode ser conectado a uma gama de periféricos. Sua placa possui conectores tanto analógicos quanto digitais. Os conectores analógicos são usados para instalar sensores usados em robôs como medidor de temperatura, giroscópio, sensor de luminosidade, umidade etc.

O resultado disso são projetos que integrem tanto a parte mecânica e eletrônica quanto a parte lógica de programação de sistemas. A comunidade do Arduino, disponibiliza uma lista com mais de 150 projetos de robótica que utilizam suas placas. Todos os projetos são do tipo “faça você mesmo” e contam com a mais variada gama de peças, desde componentes que são achados prontos para comprar até outros que usam impressoras 3D. Há projetos interessantes como braços mecânicos, carrinhos autônomos, impressoras, plotters e até drones.

Qual linguagem de programação é usada no Arduino

Uma das grandes vantagens é que a programação usada na plataforma é o C/C++, uma das linguagens mais populares do mundo. Tudo que o usuário precisa é baixar uma IDE de programação do próprio site do Arduino e instalar em um computador. A IDE é uma interface de desenvolvimento para escrever programas que serão instalados dentro da memória do Arduino. Ela pode ser instalada em vários sistemas operacionais diferentes.Programar para Arduino é muito mais simples que programas de computador e não exige que o usuário tenha profundos conhecimentos em linguagem de programação.

Aprender mais sobre Arduino certamente será um diferencial para as pessoas, ainda que não seja a sua profissão principal. Pois programar controladores para fazer algumas tarefas do dia a dia apresentará um aumento de produtividade e redução de custos.

Fonte: Impacta Blog l UsinaInfo

Crie Projetos Incríveis com Arduíno

Receba INFORMAÇÕES
e VALORES
do Curso Programação em Arduíno

Gostou deste Artigo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar
Compartilhar no linkedin
Compartilhar
Compartilhar no pinterest
Compartilhar
Receba Informações Sobre os Cursos
Enviar WhatsApp